Iniciar o processo de planeamento da mobilidade urbana sustentável

O desenvolvimento e implementação de um Plano de Mobilidade Urbana Sustentável (PMUS) é um processo que envolve muitas partes interessadas de diferentes setores da autoridade de planeamento, decisores políticos e outros.

O plano deve ter uma visão abrangente do sistema de transporte, trabalhando além das fronteiras setoriais e iniciar um processo de mudança em direção a um planeamento mais integrado.

Um processo PMUS bem-sucedido, portanto, começa com a construção de apoio entre as partes interessadas mais importantes.

Tomada de uma decisão clara para desenvolver um PMUS

O ponto de partida para o desenvolvimento de um PMUS deve ser uma decisão para melhorar a situação de mobilidade atual e uma forte convicção de que é necessária uma mudança em direção a uma maior sustentabilidade.

Deve ficar claro desde o início que o transporte urbano não é um fim em si mesmo, mas contribui para objetivos mais elevados, como a melhoria da qualidade de vida e do bem-estar.

A decisão de preparar um PMUS significa um compromisso com os objetivos gerais de:

  • melhorar a acessibilidade para todos, independentemente do rendimento e condição social;
  • melhorar a qualidade de vida e a atratividade do ambiente urbano;
  • melhorar a segurança rodoviária e a saúde pública;
  • contribuir para as metas climáticas, reduzindo a poluição do ar e sonora, as emissões de gases com efeito estufa e o consumo de energia; e
  • aumentar a viabilidade económica, a equidade social e a qualidade ambiental.
Compromisso político

Dependendo do contexto nacional e local, uma obrigação legal de nível nacional, uma decisão oficial de um órgão político local ou um compromisso da administração local podem ser a força motriz para o desenvolvimento de um PMUS.

Em qualquer caso, é necessário um compromisso real para torná-lo um plano verdadeiramente sustentável e eficaz. Se não houver um líder político no nível local, pode ser um desafio convencer outros políticos a apoiar o plano. Isso requer argumentos persuasivos apresentados por alguém que seja respeitado pelos decisores.

Estruturar o PMUS

Um projeto ou medida também pode ser o gatilho para iniciar o processo PMUS.

Com a decisão de um grande projeto de infraestrutura (por exemplo, uma nova linha de metro ligeiro) ou uma grande inovação urbana (por exemplo, uma zona de emissões reduzidas) pode surgir a necessidade de incorporar a medida numa estrutura de planeamento mais ampla.

Um PMUS pode oferecer uma abordagem integrada para um grande projeto, fornecendo medidas complementares, metas de longo prazo e uma abordagem participativa.

Especialmente para projetos grandes e inovadores com alto impacto, um PMUS oferece as estratégias de participação abrangentes que são necessárias para obter o apoio público para as medidas. Um projeto de infraestrutura que afete toda a região pode até impulsionar o lançamento de um PMUS ao nível da área urbana funcional em conjunto com os municípios vizinhos.

Discussão dos problemas que a cidade enfrenta atualmente – e as melhorias que um PMUS poderia desencadear

Uma abordagem útil é mostrar os desafios e problemas que a cidade enfrentará se nada for alterado, enfatizar os benefícios gerados por um Plano de Mobilidade Urbana Sustentável e destacar o facto de que os eleitores recompensarão bons resultados.

Para comunicar a urgência, pode ser eficaz simular as consequências negativas da manutenção das tendências atuais (por exemplo, em termos de congestionamento futuro e perdas económicas resultantes, ou em termos de indicadores, como mortes na estrada ou anos de vida perdidos devido à poluição do ar ) e apresentá-los com a ajuda de mapas e figuras.

As atuais mudanças rápidas impulsionadas pelas tecnologias digitais destacam a urgência de desenvolver uma abordagem estratégica coerente para a mobilidade sustentável futura. Ao comunicar os benefícios, muitas vezes é útil fazer a ligação aos problemas atuais de alta prioridade – como qualidade do ar, tráfego, segurança no trânsito, disponibilidade de habitação a custos razoáveis ou crescimento económico – explicando como um PMUS pode ajudar a resolvê-los.

Medidas em pequena escala para ganhos rápidos

O compromisso político pode ser desafiador, pois todos os benefícios de um PMUS só se tornam visíveis após um período de tempo maior do que o ciclo eleitoral. Pode ser útil destacar a opção de incluir medidas em menor escala com alta visibilidade no PMUS.

Isso pode gerar apoio público no curto prazo e desencadear uma primeira decisão para desenvolver um PMUS. Por exemplo, a transformação temporária de espaços públicos com soluções “leves e baratas” pode ajudar as pessoas a visualizar as possíveis mudanças positivas (por exemplo, realocação de espaço na rua, uma ciclovia temporária separada por plantadores de flores ou parques em vez de lugares de estacionamento).

O que são Planos de Mobilidade Urbana Sustentável?

Quais são os benefícios de um Plano de Mobilidade Urbana Sustentável?

Elementos do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável

Para mais informações contacte-nos através de luis.caetano@w2g.pt.

Fonte: ELTIS