Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes do Médio Tejo

Este Plano de Mobilidade de incidência interconcelhia, é composto pelas fases de (I) Caracterização Diagnóstico, Construção de Cenários, Objetivos e Definição de Estratégia; (II) Formulação e Avaliação de Propostas; (III) Programa de Ação e Sistema de Monitorização e; (IV) Produção do Relatório Final. Integram ainda o Plano estudos específicos relativos às Redes e Serviços de Transporte, […]

Plano de Mobilidade e Ordenamento da Circulação da Ria Formosa

Estudo com o objetivo de proceder à definição de um quadro de mobilidade terrestre e fluvio-maritima que permita, para além da manutenção do ecossistema lagunar, organizar e assegurar a existência de respostas eficazes e qualificadas para as diferentes necessidades dos que trabalham, vivem e/ou visitam a Ria Formosa (concelhos de Loulé, Faro, Olhão, Tavira, Vila […]

Plano de Mobilidade Sustentável do Concelho da Maia

Plano de Mobilidade de incidência concelhia, respeitando uma fase de diagnóstico multimodal sobre o sistema de transportes baseada em levantamento direto de dados (inquérito à mobilidade de residentes, inquéritos a passageiros, estacionamento e contagens de tráfego). Contém igualmente uma fase de estruturação da estratégia de mobilidade concelhia, culminando na elaboração de planos nas vertentes do […]

Estudo de pré-viabilidade de soluções para a expansão do Sistema Automático de Transporte Urbano de Oeiras até à Estação Ferroviária do Cacém – FASE I e FASE II

Estudo de incidência supra-concelhia (Oeiras e Sintra) realizado no sentido de obter estimativas de procura para a extensão da rede atual do SATU de Oeiras até à Estação do Cacém, constituindo-se assim como uma alternativa em transporte coletivo na articulação entre as Linhas Ferroviárias de Cascais e de Sintra, suporte de importantes serviços suburbanos à […]

Estudo de Mobilidade Integrada no âmbito do Quadrilátero Urbano

Este Plano de Mobilidade de incidência intermunicipal foi desenvolvido para os territórios concelhios de Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão. O estudo inicia-se por uma fase de diagnóstico multimodal sobre o sistema de transportes baseada em levantamento directo de dados (inquérito à mobilidade de residentes, inquéritos a passageiros, estacionamento e contagens de tráfego) […]

Revisão do Plano de Acessibilidade do Concelho de Sesimbra

Estudo Sectorial de acompanhamento à Revisão do Plano Diretor Municipal de Sesimbra, correspondendo à atualização do Plano de Acessibilidades do Concelho de Sesimbra realizado em 2004. Neste contexto foi realizado um diagnóstico relativo ao sistema viário e de transporte público concelhios e a reavaliação do conceito multimodal de acessibilidades. Foram geradas e analisadas propostas de […]

Plano Municipal de Mobilidade de Aveiro

Este Plano de Mobilidade de incidência concelhia, é suportado por uma fase de diagnóstico multimodal sobre o sistema de transportes baseada em levantamento direto de dados (inquérito à mobilidade de residentes, inquéritos a passageiros, estacionamento e contagens de tráfego). Contém igualmente uma fase de estruturação da estratégia de mobilidade concelhia, culminando na elaboração de planos nas vertentes […]

Estudo de Mobilidade da Herdade da Comporta

Estimativa dos padrões de mobilidade dos futuros utilizadores dos empreendimentos turísticos da Herdade da Comporta. Análise dos impactes na rede viária e sistema de estacionamento. Desenho e definição de medidas a adotar no sentido de reduzir os impactes provocados pelos novos empreendimentos turísticos. Dimensionamento e estimativas de procura para um sistema inovador de transporte coletivo […]

Estudo de Acessibilidade e Transportes de Setúbal

Estudo Sectorial de acompanhamento à Revisão do Plano Director Municipal de Setúbal. Neste contexto foi realizado um diagnóstico relativo ao sistema viário e de transporte público concelhios e proposto um conceito multimodal de acessibilidades. Foram geradas e analisadas propostas de intervenção relativas à rede rodoviária, redes de transportes público rodoviário urbano e extra- urbano e […]

Estudo de Repartição Modal do Novo Aeroporto de Lisboa na Ota

O estudo consistiu na estimativa da repartição modal dos passageiros e funcionários do Novo Aeroporto de Lisboa para a localização Ota, na sua distribuição espacial e numa análise dos impactes que os mesmos teriam na rede de transportes (rede rodoviária – transporte colectivo e individual –  e rede ferroviária). Para tal foi necessário realizar um […]