O que são Estudos de Tráfego?

Estudos de tráfego, ou estudos de impacte de tráfego, são realizados por especialistas em engenharia de tráfego para promotores privados ou entidades públicas.

Por norma, estão associados à criação ou expansão de unidades comerciais de dimensão relevante, parques ou edifícios de escritórios, unidades industriais, escolas, hospitais ou outros empreendimentos com uma geração de tráfego potencial relevante.

O objetivo de um estudo de tráfego é identificar os impactes que o novo empreendimento pode vir a provocar no sistema de transportes na sua envolvente.

Estes impactes podem estar relacionados com a fluidez do tráfego na rede viária envolvente, com a segurança de peões e automobilistas ou com o estacionamento.

Do estudo de tráfego resulta, por norma, um relatório que contém toda a informação coligida durante o estudo, e que, quando necessário, serve para o processo de licenciamento do empreendimento em análise.

Tipicamente, um estudo de tráfego é composto pelos seguintes elementos de base:

  • Análise do empreendimento no que respeita a usos do solo, áreas e faseamento;
  • Localização do empreendimento e identificação da rede viária afetada;
  • Caraterização do tráfego existente, usualmente, com recurso a contagens classificadas de veículos e, sempre que necessário, peões e bicicletas;
  • Horizonte de análise do estudo. Tipicamente estuda-se o ano de referência correspondente à data em que se realizam os trabalhos de campo, o ano de abertura do empreendimento e, se necessário, 10 anos após a abertura do empreendimento;
  • Estimativa de projeção do tráfego existente no ano de referência para os anos horizontes do plano, não considerando a influência do novo empreendimento;
  • Geração de tráfego estimada pelo empreendimento em análise.

São diversos os outputs dos estudos de tráfego:

  • Avaliação da adequação da procura de tráfego verificada na situação de referência à capacidade viária instalada através do cálculo do nível de serviço, tempo de atraso e, eventualmente, dimensão de filas de espera;
  • Estimativa do nível de congestionamento futuro numa situação com e sem empreendimento de modo a medir o seu impacte;
  • Proposta de soluções para mitigar os impactes negativos eventualmente provocados pelo empreendimento;
  • Avaliação das condições de circulação no interior do empreendimento (se aplicável), incluindo movimentos de cargas e descargas;
  • Análise das necessidades de estacionamento tendo em atenção a geração de viagens prevista e a legislação em vigor.

A Way2Go Consultores Associados tem larga experiência na realização deste tipo de estudos pelo que não hesite em contactar-nos para qualquer questão adicional.

luis.caetano@w2g.pt

Write a Reply or Comment

Your email address will not be published.